quarta-feira, fevereiro 22, 2006

Brokeback Mountain

Já me estava a sentir mal porque parecia que era o único da blogogayesfera que não tinha dedicado um post ao filme. Sim fui ver, sim gostei e sim infelizmente fui vê-lo em castelhano (era isso ou arriscar a não o ver de todo).

Brokeback Mountain toca fundo porque em partes parece que nos vemos retratados, eu pelo menos vi-me a mim – enormes doses de homofobia internalizada, felizmente que já não estou a assim. E é imensamente triste, eu quase fui às lágrimas, histórias de amor que acabam mal são sempre tristes mas uma que possuí um elemento de identificação pessoal tão forte é deprimente. Gostava de ver um filme em que os dois rapazes ficassem juntos, é que o público hetero pode preferir que a coisa se resolva sem qualquer acção da sua parte mas eu não!!


Quanto às reacções do público que estava na sala não me posso queixar (Espanha está do outro lado da fronteira mas parece quase outro mundo), não houve comentários estúpidos nem risos idiotas – aqueles risos do “estou desconfortável porque fui confrontado com uma situação com a qual não sei lidar por isso tenho que fazer pouco para salvar face”.


Apesar do final fico feliz que finalmente filmes com esta temática comecem a ser mainstream, é que mesmo essencial dar ao público em geral contacto geral com as relações e afectos entre duas pessoas do mesmo sexo – habituação leva à normalização. Para a próxima quero o meu final feliz!!! (ainda por cima o meu namorado está longe e não me pôde consolar quando o filme terminou, que desgraça).